Capacitações

- Discipulado & Mentoria

- Liberdade em Cristo

-Mentoria Avançada

Redes Sociais

Acompanhe Homens Mentores pelas redes sociais:

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

Contato

Rua Moisés Salomão, 76
Apartamento 103

Catalão-GO

CEP 75703-030

Tel: (61) 99939-4185

© 2019 - Homens Mentores

  • Admin

Características do discipulado transformador

Para “fazer discípulos” temos de estar prontos para o “trabalho pesado” e manter verdadeira conexão com as pessoas



Por Larry Titus em Liderando como Jesus


Observe!


Discipulado envolve mais do que ensinar; ele mostra às pessoas, por via do exemplo, o que elas devem fazer. Ele as convida para sua vida. Ele permite a elas caminhar com você e observar como você lidera. Ele permite que elas vejam seu caráter. Ele as convida para compartilharem de sua autoridade. Ele permite que elas vejam até suas fraquezas, uma parte importante de seu treinamento. Ao estarem cientes de seus erros, elas podem evitar armadilhas e obter sabedoria. Elas devem se sentir amadas, confirmadas, confiantes e livres para copiar o exemplo de seu líder. O discipulado é o vento em suas velas. O discipulado confirma seu chamado e valida sua unção.


Muitos líderes têm medo do discipulado porque ele exige vulnerabilidade e transparência, e vulnerabilidade é a chave para a conexão. É impossível manter seus seguidores a distância e discipulá-los ao mesmo tempo. Ou você permite que eles observem você de perto ou você renuncia à sua responsabilidade como pai ou mãe espiritual.

“É impossível manter seus seguidores a distância e discipulá-los ao mesmo tempo.” Larry Titus

Paulo mostra à igreja de Corinto (1Coríntios 4:14-17) que existem milhares de mestres pagos entre eles dispostos a aceitar dinheiro por seus serviços, mas que não estão dispostos a serem pais. É impossível ser um pai na fé e se recusar a investir na vida de seus discípulos. Discipulado é responsabilidade prática, não algo que você pode delegar a mestres pagos. Se não estiver disposto a fazer o “trabalho pesado” do discipulado, você não é qualificado para ser um pai na fé.


Ao longo dos anos, tenho levado centenas de homens em viagens de palestras ou de missões com o propósito de ensinar-lhes a orar, a estudar a Palavra de Deus, a servir às pessoas, a descobrir o propósito de Deus em sua vida e a tratar suas esposas de forma respeitosa. Longas viagens são excelentes para propósitos de treinamento. Eles se tornam um público cativo. Até mesmo trabalhos no jardim ou na igreja podem servir ao mesmo propósito. Em vez de ir sozinho, convide alguém em que você queira investir. Você nunca sabe, um encontro pode mudar sua vida para sempre.


As últimas palavras de Jesus nesta terra foram: “Vão e façam discípulos...” (Mateus 28:19). Ele não nos instruiu a fazer fiéis, membros da igreja, cristãos ou pessoas boas, mas discípulos. Ele disse aos seus discípulos: “Sigam-me”, e não “Ouçam as minhas pregações às multidões” ou “ “Participem de minhas aulas de discipulado”. Jesus mostrou o que significa ser um discípulo, e então os instruiu a fazer o que ele fez. E o que é ainda mais importante: ele lhes mostrou quem é o Pai. •


Fonte: Titus, Larry. Liderando como Jesus: princípios do sucesso do maior líder de todos os tempos. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2019. Páginas 89 e 91. Publicado em Homens Mentores e Mulheres Mentoras com autorização da editora.


Saiba mais:


O texto que você acaba de ler foi extraído do livro Liderando como Jesus, escrito por Larry Titus. Na obra, o escritor, pastor e líder traz à tona verdades e princípios práticos no intuito de mostrar que liderança é mais do que um dom. É questão de atitude. A cada capítulo, Larry oferece orientação bíblica para que o leitor desenvolva sabedoria, responsabilidade, eficiência, fé, integridade, paixão e compaixão e torne-se, assim, o tipo de líder que qualquer pessoa deseja seguir. Visite a sinopse da obra no site da Thomas Nelson Brasil.


Leia também:

O segredo do líder influente

Seja mentor da próxima geração

A arte de conectar-se com as pessoas

16 visualizações