Capacitações

- Discipulado & Mentoria

- Liberdade em Cristo

-Mentoria Avançada

Redes Sociais

Acompanhe Homens Mentores pelas redes sociais:

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

Contato

Rua Moisés Salomão, 76
Apartamento 103

Catalão-GO

CEP 75703-030

Tel: (61) 99939-4185

© 2019 - Homens Mentores

  • Admin

Comunicação para a solução de conflitos

Entenda como a comunicação afetiva e intencional pode ajudá-lo a acabar com tensões desgastantes, gerar um ambiente harmônico e potencializar sua liderança

Por Ailton Bastos


Onde há pessoas se relacionando, a existência de conflitos é inevitável, a menos que alguém seja refém do outro. No exercício da liderança, a administração dos sobressaltos, a mediação dos desentendimentos e o enfrentamento dos problemas são tarefas do dia a dia. Um líder maduro usará a comunicação afetiva e intencional para promover relacionamentos saudáveis.


De fato, um líder que se comunica com sabedoria tem mais êxito ao implementar ações que visam ao crescimento e à harmonia dos liderados. Nesse sentido, ele não faz uso apenas de palavras, mas conjuga com tudo o que fala atitudes e valores que transmitem confiança, credibilidade e empatia, promovendo um ambiente saudável.


Se você deseja usar bem a comunicação, ser assertivo quanto à solução de tensões, promover sinergia e despertar o potencial de quem está em seu entorno, tome nota das dicas que compartilho a seguir. Reflita sobre cada uma delas e coloque-as em ação sempre que perceber que algo não anda bem. Você certamente será bem-sucedido e seu grupo altamente beneficiado. Tome nota!


Seja prudente


Por maior que seja a convicção de que você está certo ou de que “algumas verdades precisam ser ditas”, avalie as consequências de suas palavras e ações. Faça a si mesmo a pergunta sobre o resultado que espera dessa ou daquela discussão.


Desarme-se


A tensão produzida pela ansiedade de resolver um problema ou de colocar alguma verdade em pratos limpos pode acionar gatilhos inesperados e colocá-lo em situações difíceis. Desarmado, você será capaz de escutar outras perspectivas e avaliar com cautela, antes de agir.


Evite generalizações


Uma pessoa imatura quase sempre terá a tendência de generalizar uma situação e acreditar ou dizer que nada está bom ou correto. Isso bloqueia a comunicação saudável e contamina os relacionamentos.


Seja assertivo


Assertividade é dizer o que precisa ser dito, com educação, respeito e bom senso, buscando o bem comum e o estabelecimento da verdade, sem meias palavras. Um bom líder promoverá a segurança nas relações do grupo quando disser com clareza o que sente ou deseja.


Seja afetivo


Embora não seja possível ter garantias do quanto nossa comunicação influencia as pessoas, podemos ser intencionalmente afetivos. Com afetividade, usando as palavras com carinho, cuidando do tom de voz e dos gestos, seremos capazes de revelar nossas reais intenções e afetar positivamente quem está em nosso entorno.


Desenvolva uma pauta


Reuniões mal planejadas e assuntos inesperados podem conter armadilhas e desencadear conflitos desnecessários, que desgastam os envolvidos e que não levam a lugar algum.


Evite a mentalidade de “boxeador”


As palavras duras demais não produzem bons resultados. Pelo contrário, aumentam as tensões. Não resolva um desentendimento com a mentalidade de um “boxeador”, batendo e apanhando ao mesmo tempo. Dessa forma, o nocaute de uma das partes é só questão de tempo, e o resultado esperado, ou seja, a solução harmoniosa, dificilmente será alcançado.


Use o princípio do judô


Nas competições de judô sempre se espera o exercício da lealdade. Tanto é assim que o judô, apesar de ser uma luta, significa “caminho da suavidade”. Leve em consideração a força do seu oponente e, quando possível, tire proveito dela, somando-a com a sua. Considere e respeite o potencial das outras pessoas, e não serão poucas as vezes que a vitória estará na conjugação das forças ou na imobilização das resistências.


Ouça ao máximo antes de responder ou de agir


Ouvir atentamente tudo o que os outros têm a dizer permite que parte das tensões seja diluída, além de colocá-lo numa posição privilegiada para se posicionar. De posse de todas as informações e pontos de vista transmitidos pelo seu interlocutor, você evita reagir mal e obtém melhores resultados.


Fale o mínimo necessário!


Você é dono do seu silêncio e escravo das suas palavras. Nos momentos de tensão ou conflitos, quanto menos disser, menores serão as chances de errar. Isso vale para uma conversa, uma reunião ou uma reclamação por escrito.


Evite discutir pelo WhatsApp, mensagens de texto ou pelas redes sociais


O WhatsApp e as tecnologias que permitem o intercâmbio de mensagens instantâneas são úteis para dar recados rápidos. Mensagens de áudio longas ou discussões de qualquer natureza raramente terminam bem.


Pondere os resultados


Ganhar uma discussão significa muito pouco. Não adianta provar que está certo e perder as pessoas a quem ama ou a sua equipe. Quando percebemos essa verdade, sair como o “grande vitorioso” perde a sua relevância.


Seja honesto


Em toda a dinâmica da solução de conflitos é importante ter em mente que sua honestidade e caráter precisam ficar evidentes para manter os relacionamentos saudáveis.


Um princípio que resume tudo!


Busque a verdade sem perder a paz ou as pessoas.


Compartilhe!

Queremos saber quais das sugestões mencionadas acima já foram úteis em sua caminhada como líder e se você tem usado a comunicação afetiva para gerar um ambiente saudável em sua igreja, grupo, empresa ou comunidade. Comente abaixo e compartilhe seus insights com os outros leitores de Homens Mentores e Mulheres Mentoras. Sua participação fará grande diferença!•


Ailton Bastos

Pastor Batista, Tenente Coronel da Reserva do Corpo de Bombeiros, Licenciado em Educação Física pela ESEFEX, Pós Graduado pela Fundação Getúlio Vargas FGV e Fundação Osvaldo Cruz Fiocruz. Integra Equipe Homens Mentores.


Leia também:

Características do discipulado transformador

Reflita, repense e reaja!

A arte de conectar-se com as pessoas

110 visualizações2 comentários